Tecnovia marca presença nas 5as Jornadas Técnicas sobre Betumes

 In A NOSSA RESPONSABILIDADE

Tecnovia marca presença nas 5as Jornadas Técnicas sobre Betumes

Na qualidade de produtor de misturas betuminosas e de construtor, apresentámos a nossa experiência Tecnovia nas 5as Jornadas Técnicas sobre Betumes, realizadas no passado dia 8 de Março de 2018 na Fundação do Oriente, em Lisboa.

Promovidas pela Cepsa e pelo Centro Rodoviário Português (CRP), a 5ª edição das Jornadas Técnicas juntou empresas, associações, académicos e profissionais da área dos betumes e da pavimentação betuminosa, sob três grandes temas, os novos produtos, a conservação corrente e a conservação periódica de redes.

Escolhemos para caso de estudo o “Fabrico, Aplicação e Controlo de Misturas Betuminosas com Borracha (MBA-BBM) no âmbito da Subconcessão Algarve Litoral”, tema apresentado pelo Eng.º Nuno Fernandes, responsável pela área técnica e de laboratório da Tecnovia S.A.

Na subconcessão do Algarve Litoral, em trabalhos de construção nova, como a Variante a Faro (2ª fase), e em trabalhos de reabilitação/beneficiação de alguns setores da EN/ER125, foi adotada uma solução construtiva com camada de desgaste constituída por uma mistura tipo MBA-BBM 35/50 – Mistura Betuminosa Aberta com Média Percentagem de Borracha, utilizando um betume Cepsa do tipo BBM 35/50.

Esta solução potenciadora da economia circular, permite:

  • Reincorporação de um material em fim de vida útil – borracha proveniente de pneus de viaturas
  • Ganhos de desempenho do pavimento ao nível da fadiga
  • Aumento do conforto para os utilizadores e para a envolvente por via da diminuição do ruído

 

Efetuando uma avaliação ecológica desta solução, nas obras de pavimentação em que foi utilizada, foram produzidas cerca de 18.000 ton. desta mistura MBA-BBM 35/50, o que representa um consumo de 900 ton. de betume BBM 35/50, equivalente a um consumo teórico de borracha proveniente de cerca de 18.000 pneus de viaturas ligeiras.

A utilização em pavimentos betuminosos, de materiais mais ecológicos, como estas misturas betuminosas com betumes modificados com borracha reciclada, é uma forma de reduzirmos a pegada de carbono e de contribuirmos para um futuro sustentável e mais verde.